Mãe Beata: uma história de lutas

Mãe Beata de Iemanjá deixou-nos aos 86 anos. Ialorixá, escritora e militante de direitos humanos, ela comandava o terreiro Ilê Omi Oju Aro, no bairro Miguel Couto. Fundado há 32 anos, o espaço tornou-se patrimônio cultural e oferece oficinas de dança, música, artes e geração de renda. Nascida em Cachoeira, …

Continue reading